quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Previna-se contra as frieira nós pés

Estás com rachaduras e vermelhidão nos pés e entre os dedos? Também descamação na pele? E isto está acarretando muita coceira e ardor? Saiba que estes sintomas são característicos de frieiras. Elas costumam acometer também outras regiões do corpo como no couro cabeludo, virilha e mãos. E o que fazer para prevenir e remediar este mal?


Agora se você nunca enfrentou este problema e não quer passar por isso, ou convive com este dilema frequentemente, que tal conferir algumas dicas importantes para prevenir-se deste incômodo?


Onde ocorre o contágio?


As freiras são causadas por fungos, e são transmitidas por contato direto com a pessoa infectada ou com superfícies contaminadas de ambientes coletivos onde tem umidade como vestiários, piscinas e saunas.


O que fazer para evitar o problema?


Cuidar da higiene é fundamental para evitar grande parte de casos de frieira. Segue abaixo recomendações:



  • Após lavar os pés certifique-se de enxugá-los bem, principalmente entre os dedos;
  • Trocar as meias de forma frequente;

  • Evite usar meias de tecido sintético por que não absorvem bem o calor mantendo os pés úmidos;
  • Diminua a sudorese utilizando calçados bem ventilados como chinelos e sandálias;

  • Caso utilize calçados fechados procure algum que possui sistema de ventilação;

  • Ao usar vestiários e banheiros, ou outro ambientes de uso coletivo evite andar descalço.


Todos esses cuidados já ajudam a diminuir a chance de contrair esta infecção. Mas caso algum sintoma do tipo descrito no começo do artigo surgir é indicado o atendimento médico para obter um diagnóstico correto.
E você já teve frieiras nos pés?


Fontes:
Athlete's Foot (Tinea Pedis) - Patient.co.uk
Pé de atleta (frieira) - DRAUZIOVARELLA.com.br



AVISO


As informações contidas neste blog não substitui aconselhamento profissional e orientação de seu médico, a quem você deve e tem total responsabilidade de consultar antes de tomar decisões sobre sua situação e problemas de saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.